É bem comum encontrar um ou outro cachorro obeso nas ruas, parecendo bem fofo e feliz. Porém, a obesidade deve servir como um sinal de alerta: é preciso uma mudança urgente de hábitos. A obesidade em cães, assim como em nós humanos, é caracterizada pelo acúmulo de gorduras no corpo.

Mas você sabe como isso pode impactar a saúde do seu cão? Confira este post e entenda os riscos que o sobrepeso pode trazer para os animais.

Como é feito o diagnóstico?

Ao diagnosticar esse problema, o veterinário precisa avaliar a raça ou a morfologia do animal e apalpar o tecido adiposo que cobre o tórax. Em estado de normalidade, as costelas devem ser mais fáceis de identificar e apalpar.

Veterinários e zootécnicos podem recorrer também a tabelas que mostram as medidas editadas pelos clubes que determinam os padrões de cada raça. 

Quais são os riscos do sobrepeso para o animal?

São muitos os riscos para cães que estão com excesso de peso. Em cirurgias, por exemplo, há necessidade de aplicar uma maior dose de anestesia nesses animais e a visibilidade dos órgãos é menor. Além disso, o acúmulo de gorduras aumenta a pressão sobre os rins, as articulações, o coração e os pulmões.

Quando os cães estão obesos, é natural que as articulações sofram mais e que aumente a probabilidade de ocorrências de problemas respiratórios, diabetes, aumento da pressão sanguínea e desenvolvimento de tumores. 

Consequentemente, a expectativa de vida do animal também fica prejudicada, visto que um cão obeso normalmente tem uma vida mais curta e de má qualidade, sobretudo em virtude das doenças que podem surgir.

Como combater e reverter a obesidade?

Se o seu cachorro está obeso, é hora de fazer exercícios físicos e controlar a alimentação. Essas são, com certeza, o melhor jeito de seu cão ter uma vida saudável. Descubra a seguir como fazer isso.

Exercícios físicos

Os exercícios devem ser feitos regularmente para propiciar uma melhora na musculatura e acelerar o metabolismo do animal, distribuindo assim o seu peso. 

Comece com poucos minutos de caminhada ao dia. Não obrigue o animal a se exercitar em um dia o que deveria ter feito durante anos. Aos poucos, vá aumentando as distâncias e a intensidade. Evite deixá-lo farejar ao longo do caminho e lembre-se de manter o ritmo. 

Outra ótima dica é propiciar brincadeiras dentro de casa. Jogue o seu brinquedo favorito e faça-o devolver. Além de estimulá-lo na perda de peso, você lhe ensinará um truque. Legal, não é? Vocês passarão bons momentos juntos e o seu animalzinho estará no caminho da perda de peso. 

Alimentação equilibrada

Para finalizar, todos sabemos que é muito legal dar petiscos ao nosso melhor amigo. Se você quer combater e reverter a obesidade, deve ser muito cauteloso nessa hora. Consulte o veterinário e reduza as quantidades de “alimentos” fora de hora. 

Além disso, é imprescindível respeitar as porções corretas de ração, sempre de acordo com a raça e tamanho do seu animalzinho. 

Donos responsáveis são aqueles que priorizam a saúde do animal. Um cachorro obeso é sinônimo de preocupação. Se o seu animal está com excesso de peso, consulte um veterinário de confiança, siga as nossas dicas e reverta essa situação. Com certeza, você vai querer viver muitos anos junto do seu bichinho, não é?

Quer mais dicas de como cuidar do seu pet? Então, acompanhe o nosso blog e garanta uma melhor qualidade de vida ao seu melhor amigo.

 

Escreva um comentário